O Parque Das Irmãs Magníficas

Sinopse

"Uma história repleta de magia, violência e ternura, narrada por uma jovem trans de sinceridade brutal [...]. Essa história é O parque das irmãs magníficas, livro de Camila Villada, autora argentina que se consolida como uma das vozes literárias mais originais da nova narrativa latino-americana." – EL PAÍS

Da autora argentina Camila Sosa Villada, um livro de amor e afeto: quando terminamos a última página, queremos que o mundo inteiro o leia também!
Quando chegou à cidade de Córdoba para estudar na universidade, a autora argentina Camila Sosa Villada decidiu ir ao Parque Sarmiento durante a noite. Estava morta de medo, pensando que poderia se concretizar a qualquer momento o brutal veredito que havia escutado de seu pai: "Um dia vão bater nessa porta para me avisar que te encontraram morta, jogada numa vala". Para ele, esse era o único destino possível para um rapaz que se vestia de mulher.
Camila queria ver as famosas travestis do parque, e lá, diante daquelas mulheres e da difícil realidade a que são submetidas, foi imediatamente acolhida e sentiu, pela primeira vez em sua vida, que havia encontrado seu lugar de pertencimento no mundo. 
O romance O parque da irmãs magníficas é isso tudo: um rito de iniciação, um conto de fadas ou uma história de terror, o retrato de uma identidade de grupo, um manifesto explosivo, uma visita guiada à imaginação da autora. Nestas páginas convergem duas facetas da comunidade trans, facetas que fascinam e repelem sociedades no mundo inteiro: a fúria travesti e a festa que há em ser travesti.

Capítulos