Sinopse

Aleluia, Aleluia, Aleluia;
Louvemos ao nosso Deus todo poderoso, um coro de aleluias ao nosso Pai, pois nós que somos fiéis devemos louvá-lo.
Aleluia, aleluia, aleluia;
Louvemos a Deus no seu santuário, louvemos no firmamento obra do seu poder. Louvemos pelos seus poderosos feitos, louvemos todos consoante a sua muita grandeza. Louvai-o ao som de trombeta, louvai-o com saltério e com harpa.
E o louvemos com adufes e danças, com instrumentos de cordas e com flautas, com símbolos sonoros e, com símbolos retumbantes; Todo ser que respira louve ao Senhor nosso Deus, porque tudo o que somos e tudo o que temos, foi de Deus nosso Senhor que recebemos. (Salmo 150)
Assim eu lhe louvo, Senhor meu Deus, com todas as minhas forças, com todo o meu entendimento e de todo o meu coração. Por mim, meu Senhor, pela minha família e por todos aqueles que comigo convivem, pois maravilhoso é saber que a cada hora e, em cada momento de nossas vidas, nos podemos contar com a sua colaboração, com a sua proteção, com o seu amparo e com o seu amor.
Palavra da salvação...