Violência, Abandono E Destituição Do Poder Familiar: Diálogos Entre A Psicanálise E O Direito

Sinopse

Violência, abandono e destituição do poder familiar: diálogos entre a Psicanálise e o Direito é uma obra que debate, de forma instigante e reflexiva, questões relacionadas à família em condições de vulnerabilidade psíquica e social. Em busca de problematizar o aspecto da violência intrafamiliar e da destituição do Poder Familiar, as autoras estabelecem uma articulação entre os campos de conhecimento da Psicanálise e do Direito, fornecendo possibilidades de ampliação das discussões e das práticas relacionadas a essas famílias. Direcionado aos profissionais do campo da Psicologia, do Direito e da Assistência Social, o livro apresenta os aspectos conceituais e históricos da destituição do Poder Familiar, a relação do sujeito com a Lei e com as leis, e a constituição do sujeito e da família na perspectiva psicanalítica. O livro retrata um caso concreto de destituição do Poder Familiar, bem como as discussões teórico-práticas dele decorrentes. O trabalho é disparador de questionamentos e indagações frente ao cuidado à infância e à família na atualidade.