Cooperação Em Ambientes Competitivos: A Coopetição Em Clusters

Sinopse

É possível competir e cooperar ao mesmo tempo? Essa pergunta cabe ser debatida nas mais diversas possibilidades de emprego da competição, seja entre indivíduos, grupos de pessoas, organizações, nações, seja para fins esportivos, políticos, geoeconômicos, etc. — tudo numa perspectiva posterior de ganhos superiores individuais e coletivos. A cooperação entre empresas é uma estratégia tão irreversível quanto a globalização. Entretanto, cooperar em um ambiente de competição é um dos maiores desafios para as estratégias empresariais, especialmente para as micro e pequenas empresas. Nesse contexto, deparamo-nos com a necessidade de compreender melhor o fenômeno da coopetição, cuja terminologia remete originariamente à junção dos termos cooperação e competição. A coopetição é um fenômeno com grande potencial para as mais diversas perspectivas e aplicações nas ciências sociais. Pode ser um tema oportuno para pequenas e grandes economias, nações e governos, ao permitir descobertas que favoreçam indivíduos e organizações a se desenvolverem com sustentabilidade e lucratividade. São essas discussões que a obra aborda com maestria.