Os Projetos Para O Desenvolvimento Da Nação Na Revista Cultura Política Durante O Governo Vargas

Sinopse

A Revista Cultura Política foi um dos canais de difusão da ideologia de governo que se articulou no Estado Novo. Ela circulou de março de 1941 a outubro de 1945. Era uma revista de estudos brasileiros destinada a explicar as transformações socioeconômicas pelas quais passava o país. Além de relatar minuciosamente as realizações governamentais, ela funcionava como uma central de informações sobre Getúlio Vargas e o Estado Novo. Durante a sua existência, atingiu a marca de 50 publicações com ampla divulgação e vendidas mensalmente nas bancas do Rio de Janeiro e São Paulo. Teve a participação de grandes expoentes da intelectualidade brasileira, abrigando as mais diversas correntes de pensamento, tais como: Almir de Andrade, Azevedo Amaral, Cassiano Ricardo, Francisco Campos, Lourival Fontes, Graciliano Ramos, Gilberto Freyre, Nelson Werneck Sodré, entre outros presentes na elaboração dos artigos da Revista, os mais variados temas discutidos por eles e a alta tiragem de seus exemplares nos chamaram a atenção e serviram de base para o nosso estudo. A partir dos artigos da Revista Cultura Política, propomos um estudo dos projetos para o Brasil dos intelectuais autoritários que, em certa medida, eram influentes no pensamento estadonovista. Estudaremos o pensamento e os artigos dos autores: Almir de Andrade, Azevedo Amaral, Cassiano Ricardo, Francisco Campos e Lourival Fontes, pois estes autores são considerados os principais autores autoritários e ideólogos do Estado Novo.