Odontologia Com Análise Da Ciência, Filosofia E Religião

Sinopse

O choro e ranger de dentes, expressões encontradas na Bíblia e comentadas por diferentes autores na literatura odontológica, são duas ações orgânicas do ser humano, as quais não deveriam ser evitadas ou impedidas, seja por algum sentimento como o orgulho ou por algum material físico ou artefato utilizado na reabilitação oral do ser humano.
Sentimentos de orgulho, raiva e ódio podem impedir o choro, enquanto um ou mais componentes físicos implantados nos maxilares podem funcionar como impedimento natural de dissipação das forças mastigatórias ou de oclusão.
A boca está diretamente ligada às emoções. Local do primeiro contato do recém-nascido com leite materno. Dentes naturais, quando utilizados como pilares nas reabilitações orais, garantem a movimentação necessária, promovida por forças mastigatórias a cada alimentação ou problemas emocionais. Já a remodelação óssea nos maxilares contribui quanto à justaposição da mucosa em relação ao aparelho protético.
Nesse sentido, podem-se utilizar, na reabilitação oral, próteses convencionais sobre dentes naturais e mucosas, assegurando a livre dissipação das forças envolvidas na mastigação, o que pode não ser garantido quando da utilização de retentores fixos nos maxilares.